#1 formspring: No verso 4 do salmo 150, a palavra dança parece estar perdida no meio de nomes de instrumentos musicais. E a dança nunca fez parte do culto a DEUS no tabernáculo ou templo. Qual seria a mesma no original?

Postado por Erike Couto

Marcadores: , , , , , , , ,


Resposta:

Esta pergunta é muito interessante. Parece à primeira vista periférica, mas ela ilustra muito bem a complexidade de uma língua - como o hebraico - e a dificuldade inerente à tradução de textos escritos nela - como o Tanach ou Velho Testamento - para outro idioma - o nosso, o português.

Neste texto, temos a palavra hebraica מחול (maḥol). Seu significado é obscuro. Mesmo que muitas bíblias traduzam-na por "dança", pela regra do "Parallelismus Membrorum" (versos paralelos que contém quse sempre sinônimos e idéias semelhantes), a palavra talvez se refira a um instrumento musical que hoje nos é desconhecido. Isso porque sua raíz, ח-ו-ל (ḥ-w-l) tem um de seus significados como "acontecer, ocorrer, rolar, rodear". Então, talvez aqui se refira ao momento em que todas estas ações acontecem em danças, que na cultura semítica é feita em alegres rodas, quando por exemplo os תופים (tupim, plural de תוף - tof) - "adufes" ou "tamborins" - são tocados em alguma festividade. A Septuaginta (cerca de III a.C) traduziu o termo por χορος (choros) que significa "dança com músicas". Em outro lugar aparece também esta mesma palavra: "Ainda te edificarei, e serás edificada, ó virgem de Israel! Ainda serás adornada com os teus tamboris, e sairás nas danças dos que se alegram." (Jr 31:4 ACF).

Agora, as versões da Almeida Corrigida e Revisada e em espanhol da Bíblia têm "flauta" no lugar de "dança". Por quê? Esta tradução alternativa talvez tenha advindo do fato de existir o paralelo desta raíz vista acima comn outra raíz próxima, ח-ל-ל (ḥ-ḥ-l), que tem como significados "perfurar" e "esvaziar". Esta é usada na palavra "flauta" em hebraico, חליל (ḥaḥiyl), que é um instrumento musical e é usado constantemente também nas Escrituras em paralelo com "tamborins" (Is 5:12 por exemplo), como ocorre em Sl 150:4.

Temos então um problema de tradução de um antigo termo hebraico, e a compreensão do termo original dependerá da mente do tradutor que o traduziu. De qualquer forma, quer seja "dança com música", quer seja "flauta", esta dificuldade nos serve para mostrar duas coisas: 1) há uma bela complexidade da bíblia e língua hebraica, com termos densos e vívidos de uma cultura cujo acesso a ela se tornou difícil pelo tempo; 2) o Senhor é glorificado com danças, instrumentos e louvores no meio de Seu povo, mesmo que não haja um mandamento bíblico expresso sobre isso.

Espero ter ajudado...

Abraços

0 comentários:

Postar um comentário